terça-feira, 27 de outubro de 2009

Xarope de Agrião

Durante toda a minha vida eu sempre comi tudo o que não era saudável. Agora, desde que a minha saúde melhorou consideravelmente, graças à mudança que fiz na minha alimentação,uso e "abuso" da medicina natural.

Eu já tomo o Xarope de Agrião há algum tempo. Levei um tempinho a habituar-me, mas nós habituamos-nos a tudo menos à ea, não é?

O Agrião uma planta aquática de sabor levemente picante por conter iodo, ferro, fosfato e vitamina C. Ele actua directamente sobre o sistema digestivo e é eficaz no sistema sanguíneo.

Usado em saladas cruas, o Agrião ajuda na limpeza do fígado, limpa os rins de areias e cálculos, combate o Reumatismo, a Gota, a Artrite - pelo que é mais uma excelente arma contra a EA, a AR e outras...

O agrião contém uma apreciável quantidade de iodo, elemento indispensável ao organismo humano e cuja falta perturba o funcionamento da glândula tiróide. Os que sofrem de ácido úrico, em virtude de terem comido muita carne, devem comer diariamente uma salada de agrião. Também é benéfico para o coração e sistema nervoso.

O Mel é importante como alimento, para o equilíbrio do organismo, pois contém glicose e frutose - os hidratos de carbono que tanto precisamos - que entram directamente na corrente sanguínea, tornando-o um produto energético. A Glicose e a Frutose são Monossacarídeos - Hidratos de Carbono Simples, portanto indicados para quem segue a Dieta sem Amido.

O Mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos (ácido cítrico, entre outros) e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E. Possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonóides e fenólicos).

O Mel pode ser utilizado como alimento, adoçante e como medicamento. Adicionar mel à alimentação diária enriquece a qualidade de vida, pois estimula e aumenta a resistência física. É levemente sedativo, auxiliando a combater insónias. É, também, cicatrizante, anticéptico, digestivo e laxativo ajudando no tratamento de gastrites. Muito eficaz no tratamento de doenças respiratórias. O Mel é também um bom protector do fígado, promovendo a regeneração de suas células e prevenindo a formação do fígado gorduroso (cirrose hepática).

É absorvido imediatamente, não possibilitando o ataque das bactérias intestinais, o que não sucede com o açúcar, sendo ainda um bom regulador intestinal.
***
Xarope de Agrião

Lave o agrião em água corrente e passe com a varinha mágica até que esteja reduzido a líquido (se achar necessário adicione algumas colheres de água). Depois coe.

Para 300 gramas de sumo de agrião, acrescenta-se 300 gramas de mel de abelha, mexendo bem. Guarde no frigorífico dentro de um frasco de vidro escuro. Toma-se uma colher de sopa 3 a 4 vezes ao dia.

Existem muitas receitas para fazer este xarope. Umas levam limão, outras fervem o agrião. Eu prefiro assim. Cuidado: não ferver o mel ou as enzimas serão destruídas.

3 comentários:

Marta disse...

Não sei se vou conseguir tomar, mas vou fazer e experimentar. Obrigada pela receita.

Anónimo disse...

Eu conheço esta versão:

Receita de xarope de agrião

Levar a lume brando um bom molho de agriões, bem lavados inteiros com 250gr de açúcar e a casca de 2 laranjas grandes. Deixa-se cozer bem os agriões e o resto dos ingredientes. Tem muito ferro e vitamina C e é excelente mucolitico.

Não sei é se dá para a dieta que vocês seguem.

Rita disse...

A minha mãe disse-me que o xarope de agrião é muito bom é para as constipações. Assim, junta-se útil ao útil!
(ah! pensavas que eu ia dizer "juntar o útil ao agradável, não? querias!)

xoxo